liberte um personagem logo.png
Liberte um personagem

 

Oficina de criação literária ministrada por Carla Dias, voltada ao desenvolvimento de um personagem como base de uma história. Serão abordados uma série de aspectos que farão parte da sua construção.    

 

Tópicos


De onde vêm os personagens?
A realidade que fortalece a ficção.


O espião pode lavar as roupas da esposa. A esposa do espião pode espiar o espião e, secretamente, odiar lavar roupas. Muito da nossa realidade pode colaborar para o desenvolvimento da ficção. Lembre-se de que você não é o personagem, mas irá vesti-lo enquanto conta uma história.

 

Não tem de ser isso ou aquilo
As características do personagem que indicarão a ser contada.


Não importa o que o seu personagem faz, mas como ele o faz, tampouco se ele é do bem, do mal ou um pouco isso e outro tanto aquilo, mas como ele é o que é. Fique íntimo do seu personagem, dando a ele a oportunidade de colaborar no desenvolvimento de história coerente e interessante.


Liberdade e criação
Seu personagem pode ser péssimo, mas a forma como você irá abordá-lo, não. 


Nem todo personagem nascerá super-herói ou arqui-inimigo. O importante é que ele seja passível de quaisquer erros ou acertos e que o seu valor estará na forma como você contará a história dele.


Camadas da personalidade
E se for um anti-herói?

Desenvolver um personagem nada simpático ou benevolente pode ser muito enriquecedor. A forma como você aborda o personagem define a diferença entre um herói sem atrativos e um anti-herói para lá de interessante. Resumindo: se você decidir escrever sobre um herói sem atrativos, que seja de forma bem atraente.

 

Liberte um personagem
Criando uma breve história a partir da construção daquele personagem que não lhe dá sossego.

 

Hora de libertar o personagem. Criação de um conto com o personagem desenvolvido durante a oficina. Este texto será analisado, discutido, e, se necessário, serão feitas sugestões para seu aprimoramento.


Referências

 

Na conta das palavras, de Elisa Lucinda, do livro Contos de vista (Global Editora/2004)

Análise sobre a construção de um personagem a partir de um acontecimento cotidiano.


Zé Bicão, de Marcos Romera, do livro Crônicas da garoa (Chiado Editora/2016)
A realidade contada.

 

Desenhando um menino, de Clarice Lispector, do livro Para não esquecer (Editora Ática/1979)
Como a observação a respeito de uma determinada fase da vida pode render um texto fascinante.